25.1.08

Kabana

Kabana é um bar de praia sem estar na praia. Esse é a primeira impressão que se tem do bar, com areia no chão, várias plantas perto de uma parede pichada com grafites exclusivos e pessoas que se importam mais em se divertir que se vestir bem para a balada.
A área externa do bar é composta por várias mesas, as quais são disputadas a tapas e sempre ocupadas com pessoas que ora conversam, ora estão de olho em outras pessoas.
Kabana é bar de paquera e de muita conversa.
Os djs que animam a noite estão sempre mais focados em reggae, mas também existem as noites rock e samba rock, muito animadas na pista de dança em frente ao balcão. Lá, na verdade, é onde todos mais se divertem, mesmo envoltos em cotovelos, cervejas e muita gente.
O bar oferece um dos lanches mais simples, contudo um dos mais pedidos, que tem a alcunha de boiola, feito de pão francês, tomate, azeite, queijo fresco e orégano. Um dos mais pedidos da casa e com certeza, um dos mais saborosos. Para aqueles que querem matar a fome, o X-kabana consegue satisfazer os mais famintos de todos.
Os garçons e garçonetes são sempre pessoas muito gentis que conseguem, no meio de tanta gente, trazer sua cerveja gelada em pouco tempo.
A entrada no bar é bem dilatada, podendo estar lá até duas e meia da manhã, o que é extremamente significativo no meio boêmio campineiro.
O lado ruim, se é que pode-se falar isso, é que de sexta-feira o bar lota bastante e a fila para entrada é bastante grande.
Preste atenção na decoração do bar, desde a parede do balcão até as portas dos banheiros.
É um bar para quem gosta de se divertir, beber à vontade, sem se preocupar com divisão de contas - afinal a comanda é individual e quer chegar tarde em casa.
É um dos bares que mais recomendo e um dos poucos que Campinas realmente precisava.

Passe lá (mas passe mesmo):
Avenida Romeo Tórtima, 485
Barão Geraldo - Campinas-SP
Tel: 3289-8216
Visitado em 18 Janeiro 2008
www.kabanabar.com.br

3 comentários:

Renato disse...

marmelada! marmelada!

rolou jabá do michel???

Izz disse...

uahuahauhauah
não! sou fã mesmo!
e nem tenho ido mto lá hein

Michel disse...

Para uma cientista social e gastronoma (não sei é assim q se fala) até q vc dá pra uma boa jornalista (no bom sendido,é claro!)
Achei bem altentico!!!
Vou encaminhar esse texto,posso!?